Estou de Volta Pro Meu Aconchego

OI Gente,

Estou de volta para o meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade
Querendo um sorriso sincero um abraco
Para aliviar meu cansaco…

Estamos planejando visitar o Brasil por 10 semanas em Novembro, Dezembro e inicio de Janeiro/11. Portanto vc esta convidado a participar com deste projeto. Vai ser uma viagem de ferias e de busca de novos parceiros ministeriais. Se vc quer estar junto com a gente e nos levar para a terrinha quente, por favor nao se envergonhe, entre em contato com a familia Trololo e entao “nois combina” como vc pode estar participando. Se quiser informacoes de como participar ou do orcamento da viagem ou ate mesmo o planejamento da viagem, eh so mandar o telefone que a gente liga ou envia por email pra vcs. Temos tudo organizado, Se vc gostaria de nos receber na sua igreja tb, estamos organizando nossa agenda tb. Eh eh so entrar em contato que agente te atualiza.

Desculpas de sempre e de toda a carta
Quanto tempo neh. Acho que meu ultimo email foi no inicio do ano. Estou meio sem inspiracao para escrever, por isto me silenciei. Eu e Paulinho temos enfrentado um periodo de dificuldades na nossa comunicacao e isto sempre tira minha motivacao em estar escrevendo, ate mesmo porque nao gosto de estar escrevendo sobre superficialidade. Gosto que quem receba nossas cartas circulares possam receber realmente um pedacinho de minha pessoa, do meu momento, dos meus sentimentos alem de levar informacoes ministeriais.

Falando em ministerio vamos comecar a falar de negocios.srsrs

Trabalho Com Mulheres

O trabalho com mulheres mulcumanas continua sendo a menina dos meus olhos. Tenho aprendido cada vez mais a amar estas mulheres e suas culturas de forma incondicional. Tenho aprendido a encara-las como gente, amigas, parceiras, sem a urgencia de traze-las para Cristo, que muitas vezes tratamos as pessoas. Tenho aprendido a viver o cristianismo e perceber o poder que existe nos principios de vida crista. Palavras se tornam desnecessarias se aprendemos a colocar em pratica o que Jesus nos ensinou. E olha que isto nao eh facil, eh um grande desafio. Falar certamente eh mais facil e exige menos compromisso.

A pouco tempo atras fomos convidados a participar de uma festa de aniversario de um dos meninos que frequenta o grupo com sua mae. Era um aniversario de 3 tres anos. A familia era de Bangladesh. Nos fomos os unicos convidados ocidentais na festa. Durante a festa uma das mulheres que trabalho com ela, me deu um abraco e me disse. “A primeira vez que fui no grupo, vc me viu e me deu um abraco muito carinhoso. Aquele gesto significou muito pra mim. Muito Obrigada.” Eu nem me lembro quando isto aconteceu, mas entendi o quanto minhas acoes podem fazer diferenca na vida de pessoas que muitas vezes se sentem rejeitas, simplesmente pelo fato de seguirem uma religiao diferente ou por se vestirem de forma diferente.

A festa foi muito interessante, uma verdadeira experiencia transcultural, com inumeros micos, caracteristicos de quem nao conhece as tradicoes. Um deles foi encher a barriga com os aperitivos, pensando que ja era o jantar, afinal eles cantaram parabens e depois partiram o bolo. Pensei a festa acabou. Tinha chegado as 17:30 e isto aconteceu as 20:30. Nos preparamos entao para irmos embora, quando eles me perguntaram: “Porque vcs estao indo embora, o jantar ainda nem foi servido?” Eu e Paulinho olhamos um para o outro com a mesma pergunta: “Como eh que vamos conseguir comer de novo?”

Permanecemos e esperamos o jantar entao. As 22:00 o jantar foi servido. Eu fui sentar a mesa junto com Paulinho, quando olhei em volta, so havia eu de mulher na mesa. Pedi licenca e sair de fininho e fui me juntar as mulheres na cozinha e nos quartos. Na cultura os homens comem primeiro e depois as mulheres.

Os pratos servidos eram todos tradicionais com muita pimenta. Ainda bem que gostamos de pimenta. rsrs Todos comiam com as maos e foi entao que aprendi que os asiaticos na realidade mastigam a comida com as maos primeiro antes de colocar na boca. Toda a comida eh triturada com suas maos, amassada e entao colocada na boca. Com isso, se mastiga muito menos e a comida eh digerida muito melhor no nosso estomago. Nao eh lindo como podemos aprender com os diferentes costumes culturais?

Braulia Ribeiro, uma mulher que admiro muito pela sua coragem de expressao, disse uma vez, “Quanto mais culturas experimentamos mais conhecemos Deus e seus atributos”. Nas nacoes unidas do meu grupo de mulheres, sao mais de 15 nacoes misturadas, tenho aprendindo cada vez mais como o Deus que eu sirvo eh lindo!!!!

Paulinho e suas peripecias

Paulinho continua no escritorio nacional, mas o que tem realmente ocupado sua mente e seu tempo sao os projetos junto a igreja que temos feito parte em Londres. Ele tem desenvolvido um relacionamento muito bom com o pastor e junto com uma equipe desenvolvido a equipe de comunicacao e midia da igreja. ELe tem amado e tem crescido muito na sua area. Trabalhar com igreja sempre foi algo que Paulinho amou e vejo esta oportunidade como um presente de Deus para a vida dele.

Terminando

Um abraco carinhoso e um beijo no coracao. Obrigada pelo tempo que vc me deu lendo esta carta. Me sinto honrada e valorizada por inumeras pessoas que tiram um tempo para lerem minhas cartas. Obrigada pelo seu apoio, seja ele financeiro, espiritual, emocional. Obrigada por vc existir e me deixar te escrever.

God bless you

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s